A CRISMA:

10/06/2010 06:26

O DOM DO ESPÍRITO SANTIFICADOR

 
Jesus passou três anos mostrando com palavras e obras que Deus é Pai e que seu Reino é de Amor, de Fraternidade, de perdão e de Justiça. Os apóstolos escutavam, mas não entendiam muito bem. Um dia eles receberam o Espírito Santo que lhes deu o entendimento de tudo, da vida e das palavras de Jesus. Eles ficaram corajosos e começaram a fazer pregações, ensinando as coisas de Deus e começaram a viver como Jesus viveu.O sacramento da Crisma nos comunica o Espírito Santo. Ele nos confirma na fé em Jesus Ressuscitado e em seu Reino. Como o Batismo foi um sinal particular do Pai, que nos fez seus filhos adotivos, a Crisma é o sinal próprio do espírito Santo, que penetra o nosso espírito humano e o fortalece na fé, na esperança e no amor. Ele nos dá força e coragem para vivermos o nosso compromisso com o projeto de Deus e com os irmãos, mesmo que custe sacrifícios (At 8,4-45; 19,1-7). O Espírito santo nos santifica e faz de nós missionários. Ele nos dá a graça de sermos sinais e testemunhas de Deus no mundo. Ele tira a nossa vergonha de pregar a todas a palavra de Jesus, anunciando que Deus nos ama e vive conosco e que só em Jesus se dá a nossa realização plena como pessoas humanas. Ele nos dá coragem de denunciarmos até com o sacrifício da própria vida tudo o que está destruindo a gente e impedindo de vivermos dignamente, segundo o projeto de Deus.Recebemos este sacramento normalmente na mesma celebração do batismo. Porem alguns o recebem na adolescência ou como adultos. Neste caso já não podemos conviver apenas com a segurança da família. Temos que buscar o nosso lugar na sociedade. Por isso o padre ou o bispo nos impõe a mão na cabeça e nos unge como Santo Mirom (Santo Óleo do Crisma) durante a celebração da Crisma, invocando sobre nós o Espírito Santo. Assim como faz com as crianças crismadas no Batismo, o Espírito Santo nos ensinará a viver no amor de Deus e dos irmãos, nos fará entender todas as coisas (Jo 16,13), nos confirmará como filhos de Deus Pai e nos reunirá na comunidade onde somos irmãos de todos em Jesus.
 
 

Batismo - Crisma

 
Na obra de Deus para a salvação, o mistério pascal da morte e da ressurreição de Cristo está inseparavelmente ligado ao dom pentecostal do Espírito Santo. Do mesmo modo, a participação na morte e na ressurreição de Cristo está inseparavelmente ligada à recepção do Espírito. O batismo no seu sentido pleno significa e cumpre ambas as coisas. Por isso a Igreja Ortodoxa, Batiza e Crisma a pessoa de uma só vez; só realizando a Crisma separadamente, caso o fiel já for batizado

 

 

 

ORAÇÃO DO ESPIRITO SANTO

 

Rei Celeste, Consolador, Espirito da Verdade, presente em toda parte e ocupando todo lugar. Tesouro dos bens e Dispensador da Vida, vinde habitai em nos, purificai-nos de toda mancha e salvai nossas almas Vos que sois Bom!